Sensação: Yago Dora tira John John e pega Medina

Vencedor das triagens e dono de algumas das melhores performances do evento, Yago Dora precisou de poucas baterias para conquistar o público da praia de Saquarema. Com aéreos técnicos e ousados, o surfista catarinense já pode ser considerado a grande sensação da etapa brasileira do Circuito Mundial em 2017.

Depois de protagonizar a manobra do dia e perder por muito pouco para o atual campeão mundial John John Florence na bateria de estreia do evento (confira aqui), Yago reencontrou o menino prodígio havaiano para uma revanche pelo Round 3. Em bateria homem a homem, dessa vez o derrotado seria eliminado. Em casa, o catarinense acertou os full rotations característicos e superou John John para delírio da torcida que lotou as areias de Saquarema.

“Eu tentei ficar tranquilo antes da bateria e estou querendo aproveitar ao máximo o único evento do CT que vou surfar esse ano”, disse Yago Dora. “Todo mundo estava comentando sobre o confronto com o John John (Florence), então isso me deixou um pouco nervoso. Só fiquei mais confiante durante a bateria, depois daquele aéreo. Voltando para o pico no jet-ski, chamei a torcida e eles me empolgaram mais ainda. Foi incrível. Agora, meu foco é a quarta fase e espero continuar surfando bem aqui para seguir avançando na competição”.

No Round 4, Yago repetiu uma grande apresentação. Com 15.13 pontos somados, o catarinense superou o experiente Joel Parkinson, mas não foi páreo para a performance sólida do campeão mundial Mick Fanning, que somou 17.50 pontos e avançou direto para as quartas de final.

Agora, no Round 5, Yago Dora enfrenta ninguém menos que Gabriel Medina em briga por nova vaga nas quartas de final. A disputa será a segunda bateria do Round 5, e promete ser eletrizante!

E aí, qual é a sua aposta?
OI RIO PRO: Round 5 

1: Wiggolly Dantas (BRA) x Joel Parkinson (AUS)
2: Gabriel Medina (BRA) x Yago Dora (BRA)
3: Jordy Smith (AFR) x Julian Wilson (AUS)
4: Matt Wilkinson (AUS) x Kanoa Igarashi (EUA)

OI RIO PRO: Quartas de Final
1: Adriano de Souza (BRA) x
2: Mick Fanning (AUS) x
3: Adrian Buchan (AUS) x
4: Owen Wright (AUS) x