Foto de abre: Lima Júnior/Pena

Líder isolado do ranking, o potiguar Israel Júnior será uma das grandes atrações no Backfish Pro Júnior 17, evento que definirá o título brasileiro da categoria, nos próximos dias 25 e 26, em Peruíbe, litoral sul de SP. O competidor de Baia Formosa sabe da importância do título e não esconde a ansiedade para a decisão. “Chegar na última etapa com a liderança tranquiliza um pouco e, ao mesmo tempo, gera um pouco de pressão”, confessa.

“As expectativas são as melhores. Abri mão de muitas coisas para estar na liderança do Brasileiro e brigar pelo título. Se eu for campeão, será muito importante, porque chegarei nas competições em 2018 com mais nome para disputar os eventos e acredito que muitas portas possam se abrir”, comenta.

Aos 19 anos de idade, Israel se inspira em seu conterrâneo, Italo Ferreira, que hoje está na elite mundial, o paulista Gabriel Medina, primeiro brasileiro campeão mundial de surf, e o australiano Julian Wilson, mostrando seu estilo radical nas ondas. “Quero competir bem em Peruíbe. Nunca surfei lá. Só fui para Maresias ano passado. Estou treinando bem, trabalhando o emocional. A cada etapa é uma barreira a ser ultrapassada”, acrescenta o atleta, que sendo campeão também espera garantir outra conquista importante para a sua carreira. “Não tenho patrocínio principal, tenho alguns apoios aqui do Nordeste que me ajudam a competir”, completa.

Pelo segundo ano seguido, o campeão brasileiro pro júnior (sub20), pela Abrasp, será conhecido nas ondas da Praia do Guaraú, ao lado da Reserva Ecológica de Juréia-Itatins. Apresentado pela Prefeitura de Peruíbe, o Backfish Pro Júnior 17 terá R$ 18 mil de premiação, com R$ 15 mil aos primeiros colocados e mais R$ 3 mil ao melhor do ranking nacional que competir no evento. As inscrições seguem abertas no site oficial do evento, o www.projuniordesurf.com.br.

O Prefeitura de Peruíbe apresenta Backfish Pro Júnior 2017 tem a organização da Surf+, com supervisão da Abrasp e Federação Paulista de Surf. Acompanhe o Instagram oficial do evento. 

Via FMA Notícias / Fábio Maradei