Brasileiro foi entrevistado no post show da WSL. Confira

Após término dos confrontos do R2, Filipe Toledo foi entrevistado no post show da WSL. O brasileiro, que já avançou para o Round 3 do evento – e, após saber da lesão de Kelly Slater, já se garantiu no Round 4, falou sobre vários assuntos, desde a punição no Oi Saquarema ao primeiro 10 de JBay, obtido no Round 2, contra Kanoa Igarashi.

“Tive aquela situação no Rio  (Filipinho foi suspenso da etapa de Fiji após se revoltar contra os juízez por conta do resultado da bateria contra Kanoa Igarashi; relembre). E perder Fiji foi difícil para mim, sabe, cair no ranking. Tudo o que eu queria era colocar a lycra de novo a cair na água. Estou feliz em estar de volta.”

Sobre o primeiro 10 do evento (assista), o surfista local de Ubatuba, SP, disse: “Eu não esperava que fosse sair um 10, mas esperava por uma nota alta. Em JBay, você é valorizado quando completa uma onda até o final.” 

Filipinho também falou sobre seu ídolo, Mick Fanning:

“Não apenas como surfista, como ser humano também”, comentou Filipe, e também disse que “todos conseguem surfar a onda de JBay, mas tão bem quanto Mick, difícil”.  

Uma nova chamada acontece na terça-feira, a partir das 2h15 da manhã (de Brasília).

Confira os confrontos da terceira rodada:

Acompanhe as atualizações.

Posts Relacionados