Esse moleque tem 13 anos – quase não dá para acreditar

Eimeo Czermak. Guarde esse nome, você ainda vai ouvir falar muito nesse grommet de 13 anos. Grommets evoluídos, a gente sabe, eles existem, mas ver esse pequeno infante em tanta sintonia com Teahupo’o é realmente inspirador – prova de que habilidade e idade nem sempre andam juntas. Solta aí!

 

Posts Relacionados