“Foi minha primeira vez nessa laje.
Angra tem vários tipos de laje, né. O Leandro Bastos pegou uma direita lá, faz uns três meses, e todo mundo ficou de cara: que onda é essa? Eu nunca tinha visto nada parecido com aquilo em Angra,” contou o fotógrafo e filmmaker carioca Igor Hossmann, local do Recreio, RJ, para a HARDCORE, sobre o pico que quebrou no swell histórico que encostou na costa brasileira, no dia 11 de agosto.

Em ação, os surfistas Paulo Curi, Pedro Calado, Fabiano Passos, Stephan Figueiredo, Caio Vaz e Wagner Beta. “Foi muita sorte, a gente sempre tem essa sorte, eu e o Calado, de sair com a melhor imagem do dia. Ele teve uma performance animal nessa sessão; o Paulo Curi também, pegou uma direita inacreditável – tipo um Teahupo’o pra direita. O Curi e o Calado pegaram as melhores do dia. O Curi até caiu na onda dele, mas foi uma onda muito impressionante, foi incrível, todo mundo gritou muito.”

SWELL “CODE RED” PARTE II: ASSISTA ABAIXO

 

No vídeo acima, outra laje em Angra dos Reis. Tão pesada quanto a do vídeo acima, só que para a esquerda. “No segundo dia, vinham outras ainda maiores que no dia anterior,” conta Hossmann. Com Pedro Beta, Paulo Curi, Caio Vaz, Pedro Calado e Diego Silva. Solta o play.