Algo está errado com Mason Ho

Nos últimos tempos, nos acostumamos a ver todo tipo de maluquice de Mason Ho: tubos de 15 pés de base trocada, aéreos em junções que te fazem pensar em sair da água e até mesmo drops insanos em picos muito rasos.

É o caso da onda que abre Eel Boy, seu último edit. O que nos deixa profundamente reflexivos é que a onda pela qual Mason arrisca sua pele nem parece valer muito a pena. Uma nova modalidade de surf, com alto risco e baixíssima recompensa.

Veja também: WSL pode ficar sem eventos no Hawaii a partir de 2019

Lógico que depois dessa não tão breve sessão, o jovem Ho volta à programação (não tão) normal: uma habilidade incomum para percorrer tubos aparentemente impossíveis. Como já nos acostumamos, um ótimo jeito de perder cinco minutos. Dá o play!